Como mudar a casa em apenas quatro passos

Como mudar sua casa? Muita gente sempre nos pergunta como mudar a casa e melhorar o espaço que vivemos de maneira rápida, prática e sem gastar muito. Para quem não sabe, nós fazemos o serviço de fast-decor que renova ambientes com organização e objetos em apenas um dia de trabalho e sem obra, por isso estamos craques em grandes transformações de maneira rápida.

Pensando nisso, resolvemos compartilhar aqui os quatro passos que sempre trabalhamos para mudar espaços quando fazemos fast-decor nas casas de nossos clientes. São dicas que você pode tentar fazer sozinho em casa com pequenas atitudes e sem gastar muito.

1) Livre-se das tralhas

Não tem coisa pior numa casa que acúmulo de objetos insignificantes e sem personalidade. Seja lembrancinhas de festas de pessoas que você não tem mais contato, lembranças de viagens que já tem mais de 10 anos, objetos de herança por puro apego, mas que não  significam mais nada na sua vida. Esse tipo de coisa só gera tralha e energia negativa na casa e acaba pesando no ambiente.

“Ah, mas é só um copinho tamanho de nada que eu trouxe de Foz de Iguaçu em 1992, nem ocupa espaço…”

É justamente esse copinho de nada junto com outros objetos tamanho de nada que acumulam e geram peso. Para quem já leu o livro de Marie Kondo, ” A mágica da arrumação”, (já fizemos post sobre ele aqui),  sabe exatamente do que tô falando. Ao guardar um objeto obsoleto nós roubamos da natureza a matéria prima, roubamos do ambiente a energia, roubamos de um outro a oportunidade de usá-lo e para quê? Se ele não tem função em sua vida, foi para nada!

Então desapegar é a palavra, pode jogar fora todo tipo de bibelô, móvel, quadro e lembranças de família que você acha que significam alguma coisa, mas na verdade não vão te fazer a menor falta se você se livrar delas. Objetos que não tem uso só geram energia negativa, pesam no espaço e influenciam sim no seu humor e na dinâmica da casa. É hora de mudar!

Us National Archives GIF - Find & Share on GIPHY

2) Use as cores

“Afe, esse blog vive falando sobre cores, vocês não tem outro assunto não???”

Mas é isso mesmo, a cor tem um poder de transformação incrível… se você pesquisar bem na nossa timeline vai ver váaaarios post sobre o uso da cor como esse , esse aqui e mais esse outro. Nos trabalhos de fast-decor costumamos estudar a paleta da personalidade dos nossos clientes, juntamos com as cores que já predominam no espaço e tentamos criar uma nova paleta agregando novas cores que dão vida ao espaço e que na maioria das vezes ou está muito branquinho/bege ou está com um excesso quase carnavalesco de cores.

Trazemos essas cores aos ambientes principalmente com almofadas, tapetes e nas paredes com tinta, papel de parede ou quadros bem grandes. Aliás, se tivéssemos que dar três das dicas mais transformadoras para mudar um ambiente seriam essas: um tapete estampado, umas almofadas de cor e um super quadro.

Claro que tudo isso feito com muita parcimônia e pensando no estilo do ambiente, no layout existente e na personalidade do cliente. Não vale sair jogando qualquer coisa aleatoriamente sem ter uma segurança do uso das cores nesse objetos. Os posts que falei aqui em cima vão te ajudar muito nisso!

Dancing GIF - Find & Share on GIPHY

3) Invista na luz

Luz pode fazer transformações maravilhosas num espaço. Claro que o ideal seria fazer um projeto luminotécnico de acordo com o layout do ambiente, mas numa decoração rápida e sem obra não podemos fazer isso, então como trabalhamos?

Mudar as lâmpadas brancas já existentes para lâmpadas de 3.000 kelvin (com uma cor mais amarelada) aquece o ambiente e conforta muito o espaço. É incrível o poder que uma simples troca de cor da lâmpada pode fazer! Luzes brancas estouram e esfriam e devem ser usadas de maneira indireta em ambientes residenciais o que não acontece na maioria das casas que entramos.

Outra estratégia que usamos bastante é trabalhar com luminárias de piso que trazem uma luz indireta e geralmente tem um design bem interessante, servindo também como um objeto de decoração.

Colocar um pendente em cima da mesa de jantar (geralmente toda casa já tem um ponto em cima da mesa de jantar) que tenha cor e um design legal também ajuda muito. Na maioria das casas que entramos as mesas de jantar são de vidro e os pendentes/luminárias são de quê??? De vidro também! Isso não ajuda nem um pouco o reflexo das cores e acaba tornando a casa extremamente fria e apática.

Robot GIF - Find & Share on GIPHY

4) Abraçe o verde

Uma vez eu escutei de Luciano Lacerda, o paisagista da Villa Garden (loja de plantas aqui de Recife): “Não adianta, vai chegar a hora que você vai olhar pro projeto que já tá todo pronto, mas não vai estar satisfeita e não vai saber o que tá faltando pra acabar. Quando essa hora chegar, pode ter certeza, falta vida natural de verdade, falta uma planta”

Depois que aprendi isso, agora uso sempre o verde nos projetos. E Luciano estava certíssimo, é impressionante o poder que um vaso de planta traz pro ambiente, seja pela cor e design do próprio vaso, seja pela vida e forma da planta que está ali respirando e emanando oxigênio naquele ar, retirando as impurezas. Cactos, suculentas, costelas-de-adão… uma infinidade de plantas super adaptadas para ambiente internos, que precisam de pouquíssima manutenção e dão zero trabalho.

Além dos grandes vasos de piso, ainda se pode trabalhar com pequenos vasos em prateleiras, mesas e criados-mudos; além dos jardins verticais e vasos de parede que podem ser usados inclusive para hortas e cultivo de pequenas ervas em casa. Verde é vida!

All4.House GIF - Find & Share on GIPHY