O que é moodboard e como fazer o seu

Moodboard, o que é?

Moodboard ou em português literal “painel do humor” é um conjunto de referências acerca de algum projeto que você quer desenvolver seja de arquitetura, de moda, de design e até uma inspiração para uma maquiagem especial, festa ou corte de cabelo.
É um mural onde você vai inserindo imagens de cases similares e produtos que você tenha interesse em usar dentro do projeto que pretende desenvolver e que revela muito sobre sua personalidade para o profissional que vai desenvolver esse projeto pra você.

Os moodboard podem ser:

No computador: com imagens agrupadas em programas de computador como corel e photoshop.

moodboard computador

De parede: painéis de cortiça ou de ímã onde você vai grudando imagens recortadas ou impressas.

moodboard parede

Impressos: uma grande cartolina ou caderno onde você pode colar as referências, recortes de catálogos e tecidos.

moodboard papel

Digitais: feitos em sites como o Pinterest (que vou falar mais embaixo) e GoMoodboard e aplicativos especializados para celular,  hoje existe uma série deles como o Morpholio, Curator, Jux e Niice.

moodboard aplicativo morpholio

Vamos começar? O mais importante para começar um moodboard é definir o seu estilo!

Estilo, como definir?

Estilo é a identidade de sua expressão e pensamentos constantes definida a partir de conceitos artísticos como cores, formas e movimentos relativos à história da arte. Por exemplo, se dizemos que uma pessoa tem o estilo retrô, é porque se identifica com cores fortes, design com curvas  em referência ao futurismo e inspiração artísticas da  da década de 60.

Isso ajuda bastante a  começar o seu moodboard, já que definindo seu estilo é fácil ter noção das cores e objetos que você vai gostar. Você também pode fazer o caminho contrário: se não sabe seu estilo, pode começar a pesquisar imagens e no final tentar descobrir em qual movimento artístico essas imagens mais se encaixam.

Outra coisa super importante para um moodboard é a paleta de cores. Definir 4 ou 5 cores que você gosta bastante e colocá-las no moodboard em quadradinhos vai ajudar muito não só a definir seu próprio estilo, como também a definir com que padrão cromático o arquiteto ou designer vai trabalhar para te satisfazer. E creio que essa é a parte mais fácil do moodboard, porque todo mundo tem uma cor (ou cores) preferida e outras que odeia…desde pequenininho.

Montando…

Comece dividindo por mini-temas! Se vai fazer o projeto da sua casa, por exemplo, pode  dividir em partes como pisos e revestimentos, paletas de cores, móveis, estampas… Isso já vai te ajudar a ter uma ideia mais clara do que você está buscando. Outro exemplo bem comum é o de festa de casamento, onde o moodboard é dividido em decoração, vestido, cabelo, convite….!

moodboard temas

Moodboard que dividia com um cliente, onde criamos as pastas para móveis, iluminação e cores.

Muitas vezes nem mesmo você sabe dizer em palavras o que está procurando, mas sabe aquele ditado “uma imagem vale mais que mil palavras” ? Pronto! Você vê a imagem e tem certeza que é aquilo que você quer! Imediatamente se aquilo está no seu moodboard, o arquiteto ou designer já vai saber que referências e estilos você gosta e se identifica.

Em escritório de arquitetura e design é comum usar o moodboard de parede, um grande painel que define “a cara do escritório” com referências de produtos, lugares, cores e objetos que definem um pouco a cara dos profissionais, olha o meu aqui embaixo (quadrinho de ímã):

moodboard marilia

Meu moodboard diário: referências de cores, viagens, designers, formas… tudo que vejo por aí e me encanta.

Usando o pinterest

Creio que o Pinterest hoje é o melhor recurso para montar um moodboard, principalmente se você quer dividi-lo com outras pessoas (seu arquiteto, por exemplo) já que o site permite que você faça compartilhamento em grupos, onde outras pessoas podem colaborar e até mesmo deixá-lo secreto, caso não queria que muitas pessoas o vejam.

Fora isso, a plataforma é super simples de usar e tem um algoritmo que já caça pra você, de acordo com as imagens que você tem curtido e salvado,  e te mostra todo dia uma página inicial diária cheia de referências do que você procura. Creio que hoje é a melhor maneira de fazer um moodboard para qualquer tipo de projeto.

Abaixo, dois moodboards de projetos que dividia com meus clientes e ambos atualizavam com frequência, vocês não tem noção como isso foi importante pra conclusão do projeto e acelerou todo o procedimento:

moodboard 1 jpg

Esse foi um moodboard criado para o projeto de um escritório de coworking realizado aqui em Recife entre 2010 e 2011, era dividido com dois dos sócios que contribuíam com imagens o tempo inteiro. As imagens que achamos no Pinterest foram referências para as mesas.

moodboard 2 jpg

Esse foi um moodboard criado para uma casa de praia em Muro Alto, praia no litoral aqui de Pernambuco, várias ideias que implementamos no projeto foram adaptadas dessas imagens que salvamos na pasta. A maioria fui eu que salvei, mas a cliente me mandava algumas também por whatsapp e eu ia colocando no mood.

Acharam difícil? Não tem complicação, né? Definitivamente o moodboard é a melhor maneira de compilar suas ideias e conseguir organizar a bagunça que fica na sua cabeça na hora de começar um projeto.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar