Arquitetura Decoração Design

Como utilizar um moodboard nos seus projetos?

18 de março de 2020

Moodboard é sempre um assunto que rende bastante por aqui. Um dos post mais acessados do SalaPop até hoje é esse aqui onde eu ensino como criar um moodboard.

Mas como podemos utilizar o moodboard na prática? Como ele se aplica dentro de um projeto de interiores, arquitetura ou design? Trouxe três estudos de caso de projetos meus para mostrar pra vocês como um painel semântico bem feito pode ajudar na definição clara do projeto final para o cliente.

.

Projeto 1 – Casa de Praia

Nesse projeto para uma casa de praia no litoral pernambucano, os clientes pediram que fossem usados materiais rústicos como tijolo aparente, madeira envelhecida e cimento queimado nos acabamentos, e no mobiliário produtos com renda, palha, corda náutica e bastante verde para que a casa se integrasse o máximo possível à paisagem.

Em relação às cores a única exigência é que fosse usado bastante cinza, cor preferida do casal, mas que eu estava aberta a sugerir outras opções.

Quando apresentei o moodboard abaixo foi amor à primeira vista. Cumpri as exigências dos materiais nas paletas e complementei sugerindo cores como amarelo e azul royal para quebrar a frieza do cinza que era bem presente no local.

Os produtos da Tidelli, criados com corda naútica e alguns outros itens feitos com palhinha e característicos do artesanato local também fizeram parte do mobiliários presente no moodboard e complementaram a rusticidade do conjunto. Para finalizar, bastante verde para neutralizar todos os tons.

moodboard_casa de praia

O resultado final depois de apresentada as propostas de layout e o estudo preliminar foi esse aqui em baixo. Dá para perceber no 3D como a imagem final tem conexão com o moodboard apresentado?

Fica claro perceber que um moodboard bem construído ajudou os clientes a visualizarem melhor a composição dos elementos no ambiente.

E consequentemente diminuíram muito o meu trabalho, já que na hora da criação dos 3Ds com os acabamentos, não precisei refazer as imagens várias vezes, porque o moodboard já me deu todas ferramentas necessárias para visualizar o que o cliente desejava.

moodboard_casa de praia

.

Projeto 2 – Reforma de Casa no estilo Minimalista Oriental

O segundo projeto é o da reforma de uma casa de uma família de japoneses xintoístas praticantes e extremamente apegado às suas raízes orientais.

A família não abria mão de cores claras, madeiras também clara e materiais que remetessem e tivessem conexão com a simplicidade do estilo minimalista que já era adotado por eles no estilo de vida do dia-a-dia.

Para isso, prôpus um moodboard com móveis de madeira clara, bambu, seixos, bonsais e a cor verde musgo para neutralizar os tons quentes da madeira e trazer vivacidade à casa.

moodboard_casa oriental

O resultado final aqui embaixo foi bem fiel ao moodboard e super aprovado pelos clientes. Vê-se a presença da madeira clara, do bambu e do verde musgo por toda a parte.

Um pouco de mostarda acabou entrando numa reunião posterior com os clientes para equilibrar os tons verdes que, a apedido deles, desejavam que estivesse bastante presente.

Fica muito mais fácil visualizar e compôr a escolha de materiais e produtos num render quando o moodboard é bem construído.

moodboard_casa oriental

.

Projeto 3 – Apartamento Escandinavo

Esse projeto foi encomendado por um jovem casal que adorava o estilo escandinavo. Eles foram bem diretos na reunião e até já chegaram com algumas imagens no celular o que ajudou bastante a montar o moodboard com mais clareza.

Tons cinzas, preto, branco, madeira, serralharia, fotografias em P&B, listras, concreto, cactos… o estilo escandinavo é um dos mais fáceis de compôr um moodboard claro, ainda mais quando os clientes são decididos e claros na proposta.

moodboard_apartamento escandinavo

O resultado final fluiu como um passarinho! Moodboard com tudo o que os clientes pediram e aprovado de primeira.

Novamente, conseguem enxergar uma conexão clara entre o moodboard e o projeto final? Percebem a conexão dos elementos e das cores? Não fica muito mais fácil assim?

moodboard_apartamento escandinavo

Vamos sempre lembrar que para se construir um bom moodboard é necessário que se conheça bem o seu cliente!

Uma excelente entrevista com várias perguntas sobre os hábitos da família ou negócio é primordial para que se conheça muito bem o estilo de quem te contratou e as necessidades daquele espaço. Se sabe como fazer isso bem, nesse outro post tem tudo explicadinho.

Querem mais posts sobre moodboard..:)?